12.10.16

Eu...!

Eu gosto quando o sangue ferve.
Quando o corpo estremece sem parar.
Gosto daquela que deseja com o olhar.
Que delira com as minhas palavras que sussurra no
ouvido. Eu gosto quando o tempero é apimentado.
Quando as frases são ditas sem calma nenhuma.
Gosto do tumulto de sentimentos que afloram na pele.
Que deixam marcas e cicatrizes profundas pelo teu corpo.
Eu gosto quando a sua voz fica trêmula.
Quando o cheiro de paixão se dispersa no ar.
Gosto de ficar com água na boca só de imaginar.
Eu gosto quando o desejo é mais forte.
Quando o sentimento teima em vencer a razão.
Gosto de pensar milhares de formas de te desejar.
Que inspiram as minhas fantasias e me fazendo delirar..
Eu gosto quando o corpo não se controla.
E quando a loucura consegue vencer o correto…

20.10.14

Sexo é muito mais que só sexo

Não é se deitar em uma cama apertada, tirar a roupa, e partir para o ataque. 
Sexo é saber escolher o olhar certo, e desferi-lo em direção ao outro. É colocar no toque das suas mãos, a imensidão do seu desejo. É respirar forte, para não soltar um grito de prazer. Sexo é puxão de cabelo, é jogar na parede, é morder o pescoço. Sexo é olhos nos olhos, sussurrar no ouvido, e encaixar com tesão.

Sexo é beijar com vontade de arrancar os lábios do outro, segurar pela cintura, e se atracar em algum canto. Qualquer canto. Todos os cantos. Sexo é começar devagar, esperar que o tesão aumente, e só explodir quando não tiver mais como. Sexo é deixar que suas vontades tomem conta do seu corpo. É se guiar pelo cheiro, pelo toque, pelos lábios do outro. Sexo é colidir com uma galáxia em explosão. Sexo é se permitir ser vulnerável perto de outra pessoa por alguns minutos. Horas. Por que não, sempre. Sexo é se perder nas curvas do outro. Homem e mulher. Homem e homem. Mulher e mulher. 
Sexo não tem regras.
Só a diversão. Sexo é se entregar de corpo, alma, e tesão.
 É transar até o dia amanhecer, e adormecer nos braços da outra pessoa. E por um momento ter a certeza que vocês estão sozinhos no mundo…

19.9.14

Delírios

Viaja em cada curva do meu corpo, 
perdendo o juízo e todos os seus sentidos buscando a fantasia do momento, 
a nudez do tal sentimento.


13.9.14

9.9.14

Homem...

Homem, aprenda a transar também com o ouvido.
ESCUTE e SINTA 
o que sua mulher diz nas entrelinhas do amor.


13.7.14

O amor, meu amor

[...]Tu me bebes
E eu me converto na tua sede. 
Meus lábios mordem,
meus dentes beijam,
minha pele te veste,
e ficas ainda mais despida. [...]



4.7.14

Os grandes amores são assim mesmo,
eles nos dão o caminho da emoção, mas os sentimentos de verdade são apenas nossos,
ninguém copia, ninguém leva, ninguém dividi.


3.7.14

[...]

É assim que te imagino...
quando fecho os olhos,
Quando me perco no desejo de te querer.


25.6.14

Eu te imagino em poses e sorrisos, 
voz grave e cabelos desgrenhados, 
preso nas minhas fantasias mais loucas e movimentadas.