29.8.11

Mulheres de 30...

Quando resolve, vai pra valer. Faz sexo como se fosse a última vez. A mulher de 30 morde, grita, sua como ninguém. Não finge. Mata o homem, tenha ele 20 ou 50.
E o hálito, então? É fresco. E os pelinhos nas costas, lá pra baixo, que mais parecem pele de pêssego, como diria o Machado se referindo a Helena, que, infelizmente, nunca chegou aos 30.

Mas o que mais me encanta nas mulheres de 30 é a independência.
Moram sozinhas e suas casas têm ainda um frescor das de 20 e a maturidade das de 40.
Adoram flores e um cachorrinho pequeno.
Curtem janelas abertas.
Elas sabem escolher um travesseiro.
E amam quem querem, à hora que querem e onde querem.
E o mais importante: do jeito que desejam.

São fortes as mulheres de 30. E não têm pressa pra nada. Sabem aonde vão chegar. E sempre chegam.

Chegam lá atrás, no Balzac: 'A mulher de 30 anos satisfaz tudo'.

Ponto. Pra elas.



Um comentário:

Mari Gueti disse...

Muito lindo disse tudo!Esse blog é fantastico igual ao outro!Beijoo Florzinha