16.8.11

Olhar Faminto...

Quando me olhas com esse olhar faminto,
mando embora meus anjos,
trago meus demônios pra dentro de mim!
Solto meus desejos, que latejam sem pudor,
te chamo com o olhar,
num delicioso jogo de seduzir...
 

Meus poros exalam malícias,
respiro teu cheiro embriagador,
SABOREIO-TE!
Meu corpo te chama de meu homem, e grita já em brasas:
Invada-me... Preencha-me...
Quero-te aqui em mim...
 

2 comentários:

Nanna Costa disse...

Obrigado pela visita, adorei seus posts, este texto tem muito a ver comigo, tenho um olhar faminto.
De amor, desejo, paixão e muita loucura.
bjs

ღ Míìh..ღ disse...

Nanna...Eu acho esse texto maravilhoso...é de uma sutileza.
tudo a ver comigo tbm..rs
Bjs.