7.10.11

Te amo como amo as minhas manhãs em que eu acordo. 
Como amo as minhas noites em que os sonhos invadem a minha cama...
Amo meus cincos sentidos em ti:
te ver, te tocar, teu cheiro, tua voz o gosto que tens.
Amo teus cinco sentidos em mim: os teus dedos entrelaçados aos meus,o teu olhar malicioso, o teu cheiro gostoso, a tua boca na minha, e quando tu te arrepias quando falo aos teus ouvidos...
Amo como os teus olhos sorriem quando você sorri...
Amo os teus lábios grossos, os teus segredos indescentes.
Te amo como o viajante solitário que a cada noite espera pela aurora...
Amo-te como a jóia que se perdeu e que se deseja reencontrar.
Te amo.

Nenhum comentário: