13.1.12

Dedos ..


Meus dedos que dedos
Percorrem sem medo
Escondem segredos
Tocam-me, me sentem

Salientes invadem
Insaciáveis percorrem
Numa viagem lúdica
Insanos e impudicos

Leves toques dos meus dedos
Gulosos e incontidos
Vejo uma aquarela e ouço sinos
Numa sinfonia melódica

É silêncio só por fora
Mas, por dentro em desatino
Vadios e intrépidos
Rápidos... Vagarosos... Lépidos
(...)

5 comentários:

JUAN disse...

Acariciar os sentimentos...

Fogo disse...

Delicioso momento...

Deh... disse...

Nossa que delicia de texto...
Bjsss em ti

Deh... disse...

Nossa que delicia de texto...
Bjsss em ti

Ari disse...

Toque-me
Como quem acaricia a mais fina seda...
Provoque
Com seus dedos, mãos, lábios
Até que eu perca meus sentidos...
...Inflame
Este corpo estimulado e cheio de desejo...
Sorva
Toda a minha loucura descontrolada...
Necessito
Do seu corpo colado ao meu...
... E você
Aperta
Amassa
Invade
Reside
Exige
Me ama
Me chama
Proclama e Reclama: é “Minha”!

(Viviane Maciel)