15.6.12

Nosso prazer

Leve roçar de mãos em toques de carinho porém ousados, provocadores de suspiros e murmúrios soltos, abafados, perdidos e escondidos, entre a nossa pele deslizante, suada e sedenta de ternuras.
Língua tua, inquieta e deliciada que explora incansável, os profundos, úmidos e escaldantes recantos meus que encontras de olhos fechados.
Envolvido nas sensações de que também desfrutas, deixas-te ir num roteiro de loucuras inventadas no momento, conduzindo-me num doce e longo passeio, 
entre o prazer gritante do corpo e o extasiante arrepio que me faz estremecer 
deliciosamente a alma.

Um comentário:

BrincarComOFogo disse...

Que palavras tão intensas!!

Beijos
Eros&Afrodite