3.7.12

Sonho bom

Acomodaram-se na cama, apagaram as luzes e ficaram abraçados, pernas entrelaçadas. Apenas o som da respiração ofegante de ambos. 
Ela sabia o que estava por vir. Sentia o coração pulsar mais forte. Respiração entrecortada...
Agora ele a beijava no pescoço, puxando-a com força contra o seu corpo, fazendo-a sentir toda a sua virilidade. E mordia-a pelos ombros, pelas costas...
Ela suspira e sabe que será assim, sempre que ele quiser...Ela cederá sempre aos seus caprichos e vontades. Será sua escrava...Foram momentos de puro êxtase. 
Ela delirava em seus braços e morria por seus beijos. 
Sentia a pele queimando, ardendo...um calor desesperador...
Nesse momento, o celular toca, tirando-a dos seus sonhos e 
trazendo-a de volta à realidade...

Nenhum comentário: