14.9.12

Entrega

(...)Nada ouço...minha carne tremula ao seu toque...suor, bocas
Nada vejo...meus olhos cerrados em gozo inevitável...fantasias loucas
Teus braços num longo abraço  invade meu silêncio
Silêncio quebrado pelos gemidos que te escapam.(...)
 

2 comentários:

Candy Man disse...

adoro quando a entrega é total...sem barreiras nem tabus....
beijos doces em vc querida...
adorando suas visitas...

Ayesk@ disse...

Aaaaaa...sensações e que sensações, que nos levam as nuvens, nos deixando sem os sentidos, mas, ao mesmo tempo ciente de outros!!!


Bjs doces , meu doce!!!