8.10.12

Desesperado amor

"Aquele desesperado amor que eu tinha
e ainda conservo."

3 comentários:

Pat. disse...

Eu conservava, esperava e acreditava. Mas a gente acorda e agora estou fazendo o contrário para a MINHA felicidade.

Um beijo minha querida. Espero que estejas bem.

Boa Semana, Mìih.

Casa de Anita disse...

A Pat tem razão, um dia a gente acorda e vê que nossa felicidade é muito mais que isso.

Beijos suculentos,
Anita

Pat. disse...

Casa de Anita, e não é? A gente aprende né amiga. E precisamos mesmo cuidar da NOSSA felicidade.

Beijinhos