27.11.12

Pele

Não há memória mais terrível do que a pele.
 A cabeça pensa que esquece. O coração sente que passou 
Mas a pele arde, invunerável ao tempo. 

3 comentários:

• Eva Correia disse...

.. Pele "mede a intensidade" a vontade que arde na palavra desejo. E desejos merecem ser contemplados na propria pele... E eu fiquei desejando o toque que é certo para esta pele "minha" que tem "eriçado, esquentado entre razões e emoções.

Me permito falar assim porque nao sinto menos, depois que te leio, depois que te visito.

Beijos com Carinhos Meus

MisterCharmoso disse...

a pele sempre ha de sentir saudades do toque do sabor do deslizar entre dois corpos
Beijoca boa e aguardo a tua visita ao meu Blog pois tenho um post novo bem delicioso
Beijoquinhas

Luiza disse...

E como arde querida Mi! O cheiro fica gravado na memória, o arrepio da pele, o toque... Ai Céus,rs...