27.12.12

Há uma espécie de heroísmo então quando estendo o braço, alongo as mãos, abro os dedos e brota. Toco. Perto da minha a boca se entreabre lenta, úmida, cigarro, chiclete, conhaque, vermelha, os dentes se chocam, leve ruído, as línguas se misturam. Naufrago em tua boca, esqueço, mastigo tua saliva, afundo. Escuridão e umidade, calor rijo do teu corpo contra a minha coxa, calor rijo do meu corpo contra a tua coxa.
 
 
Amanhã não sei, não sabemos.

5 comentários:

Luiza disse...

Esse momento é perfeito... esquece-se de tudo, desliga-se. Lindo!

Eros disse...

Verdadeira Ode ao Calor do Presente!

Beijo terno Míìh!

Casa de Anita disse...

Durante o ano de 2012 tivemos momentos próximos outros nem tanto, a correria do dia a dia, o relógio que teimou em não parar e atender nossos desejos de mais horas...
Mas o importante é que vamos ter algo para levar para o próximo ano, essa amizade virtual que a senhora blogosfera nos proporcionou, esse carinho por este cantinho, isso mesmo sendo velho cabe perfeitamente no novo, por ser importante e nos fazer vibrar de emoção e alegria a cada visita, a cada comentário, a cada demonstração de carinho, respeito e solidariedade.
Em 2013 desejo que nossa parceria não continue como no velho ano, mas que de fato se renove, se multiplique em alegrias e compartilhamentos, que estejamos mais próximos mesmo dentro do nosso cotidiano corrido...e é claro com muitas delicias desfrutadas, afinal merecemos rsrs

Obrigada por fazer parte da nossa Casa em 2012, ser nosso vizinho...que 2013 nossa vizinhança brilhe com ainda mais intensidade.

Obrigada por fazer parte de nossa história nesse ano que termina e estar conosco a escrever as próximas páginas que virão.

Feliz 2013...Feliz Ano Novo!!!!

Anita e meninas da Casa de Anita

Stein Haeger disse...

Adorei seu blog, fiquei excitado!

Stein Haeger disse...

Passei por aqui e fiquei instigado com o que vi e li, deveras envolvido, virei seguidor!