24.3.12

Imaginário

A poesia aguça o meu imaginário.
Sem regras, sem medos.
A mente viaja, sem receios
e temores, sem falsos pudores!
Apenas o prazer
como limite..

4 comentários:

http://contoseroticosdeayeskaeamigos.blogspot.com disse...

Apenas o prazer com limte e sem limite!!!

Passando para te desejar um sábado repleto de coisas prazerosas, alegres!!!

Beijos doces carinhosos!!!

Simone butterfly disse...

Amei gata, muito bom, bom fim de semana com muitas delicias

Sr. Wally disse...

o que atiça meu imaginario:
os desejos
os ensejos,
o enredo...

o que me inspire,
me incite,
me excite,
me leve pra fora dos limites...

Bjos inpiradores!
;~]

Paula Kelsch disse...

Nossa, Miih ! Enquanto sincera admiradora de poesia, devo dizer que amei a que voce compôs. Pois entao que poesia siga aguçando o nosso imaginário, a gente só tem a ganhar com a liberdade de que desfrutamos...
Um beijo!