15.5.12

A expectativa

Como se eu fosse o mais tentador mel,
Experimenta-me.
Como se eu fosse o mais suave dos vinhos,
Degusta-me.
Como se eu fosse a mais suculenta fruta,
Delicie-se.
Como se eu fosse o perfume da mais bela flor,
Aprecia-me.
Almoça-me. Janta-me.
Coma-me sem deixar migalhas.
Peça tudo a que tem direito e arrisque aquilo a que não tem.
Devora-me.
Sem arrancar pedaços, mas arrancando todo o furacão que só uma mulher pode ser.
 

3 comentários:

Eros disse...

Pedaço sublime de literatura!

Beijos

Deh... disse...

E esse furacão é o que ha de melhor...

Bjsss em ti

Secret Me disse...

Que texto lindo...e sugestivo na quantidade perfeita! Gostei :) *