14.5.12

Movimento

No silêncio da inquietação noturna
Meus pensamentos voam rasgando o tempo
A procura do seu toque, das palavras, da pele.
Meus dedos correm pelo corpo só
O desejo rasteja sobre ele
O pelo enrijece
As lembranças são tão velozes quanto as minhas mãos
(...)

4 comentários:

Simone butterfly disse...

Hum...sensacional my friend!

Eros disse...

Culminado de forma sublime com reticências. Miih, como eu adoro a forma como emanas sensualidade! Quanto prazer!!!

Beijos

O Sussurrar do Corpo disse...

um silencio para um sussurro...

Deh... disse...

Adoro minhas maozinhas me percorrendo enquanto penso nele....aii...aii