28.8.12

Ao sabor dos movimentos

E ao sabor dos movimentos
Vem e me arrebata. Revolve meus cabelos, golpeia meu juízo, suga minha fala. Arranca à minha voz a falsa calma, transborda meu sorriso. Seja aquele!
Devassa meus limites, derrete meu pudor entre teus dedos.
 Rasga minha carne rubra de desejos...
 

3 comentários:

Eros disse...

Sexy... muito, muito sexy!

Eroticamente (In) Correto disse...

Ao sabor dos movimentos o mundo inteiro se faz e desfaz feito papel de arroz, umedecido pelos sucos dos desejos tantos,...


Beijo do IN_

MissMary disse...

Gosto quando és assim devassa nesses desejos!
Pura tesão!

Beijos minha linda