27.8.12

Nossos corpos

Nossos corpos se abraçam, as mãos se entrelaçam.
Nos olhos o desejo, nas bocas que se unem a ânsia dos beijos.
A respiração se entrecorta.
Minhas mãos acariciam seu corpo, que responde ao meu em busca da posse.


Um comentário:

Eros disse...

Que arrepio sublime, quando a pele comunica. Quando as vontades se eriçam de forma incontrolável.

Bom início de semana Míìh!