10.9.12

A espera

Não há mais sublime sedução do que saber esperar alguém.

Compor o corpo, os objetos em sua função, sejam eles
a boca, os olhos, ou os lábios. Treinar-se a respirar

Florescentemente. Sorrir pelo ângulo da malícia.

                    Entregar-se a espaços vacilantes. Ficar na dureza
Firme. Conter. Arrancar ao meu sexo de ler a palavra
que te quer. Soprá-la para dentro de ti
até que a dor alegre recomece.
 

3 comentários:

Sandra Amorim disse...

Sensual, gostoso de ler,adorei! Muito bom gosto. bjsssssss

Eros disse...

É sim, absolutamente sedutor... mas quando a espera se prolonga demasiado, a dor pela ausência do ente amado toma conta de nós. E de que maneira!

Love and Sex afternoons disse...

Gostamos muito do post :)
Passa no nosso blog e comenta o nosso novo texto :)
http://loveandsexafternoons.blogspot.pt
Obrigado, beijinhos